All Facilities

Valorização do profissional facility management

Facility management: entenda a importância

O facility management é uma atividade primordial para melhorar a produtividade das indústrias. Porém, nem sempre recebe o devido reconhecimento. Saiba mais sobre a importância da área de facilities nesse segmento e como ela tende a ser vista.

Para que uma indústria seja bem sucedida, o ambiente de trabalho precisa ter as condições necessárias para operar. E isso vai além das questões diretamente relacionadas ao produto final: a infraestrutura do espaço, os procedimentos adotados, as medidas de conservação e limpeza, os colaboradores, tudo isso deve ser coordenado de modo a elevar a produtividade. Esse é o papel da área de facilities, vamos conversar sobre a sua importância e como ela é vista dentro das empresas.

O que é facility management?

O termo “facility management” significa gestão ou gerenciamento de facilities. É uma atividade que engloba todas as tarefas que precisam ser coordenadas para que o ambiente de trabalho seja funcional e produtivo como se espera. O profissional responsável por essa tarefa normalmente administra as atividades de limpeza e conservação dos espaços internos e externos, a organização da infraestrutura, a segurança e outras funções importantes.

Muitas pessoas que trabalham em indústrias e até mesmo os seus gestores nem sempre se dão conta do quanto as atividades de facilities fazem diferença na construção de um ambiente propício para a execução das tarefas relacionadas ao core business.

Norma ISO 41001 e facility management

Quem é da área da indústria provavelmente já está habituado aos certificados ISO, que são parâmetros definidos pela Organização Internacional de Normalização. Recentemente, foi publicada no Brasil a normativa ISO 41001 – Facility Management – Sistemas de Gestão – Requisitos com orientações para uso. Basicamente, trouxe aspectos importantes sobre as atividades do profissional de facilities, ajudando a trazer maior visibilidade sobre a sua atuação.

A ISO 41001 foi criada para direcionar e orientar a gestão de facilities nas empresas e indústrias, estabelecendo os padrões de qualidade ideais que ela deve obedecer. Ela exige, entre outras coisas, que o profissional responsável pela área de facilities seja devidamente capacitado para tal. O foco é melhorar a eficiência das suas atividades, proporcionando mais saúde, segurança e bem-estar a todos os colaboradores, além de ajudar a empresa a se aproximar dos seus objetivos.

Reconhecimento do facility manager

Infelizmente, as empresas de facilities bem como os profissionais que atuam nessa área ainda não recebem o reconhecimento e a visibilidade devidos. É comum que sejam vistos como trabalhadores meramente operacionais, que executam serviços gerais sem qualquer estratégia.

A realidade, porém, é bem distante disso. A área de facilities, conforme mencionamos no início desse artigo, tem como principal foco garantir a produtividade e a sustentabilidade de todos os ambientes de uma indústria. Porém, pode-se dizer que, por vezes, esse trabalho é “invisível”. Os efeitos de um espaço bem organizado pensando em funcionalidade, por exemplo, raramente são percebidos por quem trabalha nele. Por outro lado, se esse trabalho deixar de ser feito, de modo que o espaço se torne caótico, essas mesmas pessoas provavelmente vão notar.

Portanto, o reconhecimento que os profissionais e empresas de facilities buscam é nada mais do que o justo: essa tomada de consciência de que a atividade desempenhada por eles tem um impacto significativo nos resultados da indústria, mesmo que seja indireto. Afinal, um ambiente coordenado dentro dos critérios de funcionalidade, produtividade e bem-estar das pessoas sempre vai ser mais eficiente do que aqueles que não têm esse foco.

Como mostrar resultados?

Se o trabalho de facility management muitas vezes acaba ficando “invisível”, como mostrar para os gestores das indústrias que ele é realmente importante? Comprovando os seus resultados!

Para isso, existem KPI’s muito interessantes para a área de facilities. Um KPI é um indicador que mensura de forma precisa os resultados obtidos a partir de uma determinada ação e de acordo com critérios previamente estabelecidos.

A escolha do KPI vai depender muito de qual é o resultado que se deseja comprovar, mas existem inúmeras opções:

  • Limpeza e conservação

Se o objetivo é mostrar como o profissional de facilities têm feito contribuições importantes, é possível levantar dados de qual seria o valor de um determinado equipamento ou infraestrutura se precisasse ser substituído por falta de manutenção adequada. Ou então, colocar no papel a informação de quanta água tem sido reutilizada nas tarefas de limpeza e o quanto a empresa está economizando com isso.

  • Eficiência energética

A manutenção preventiva constante dos ar-condicionados faz com que esses equipamentos funcionem melhor e gastem menos energia, certo? Qual é a porcentagem dessa economia? Melhorar a eficiência energética é uma busca constante nas indústrias, porque costuma ser uma das despesas fixas mais altas. Se o profissional consegue mostrar a sua contribuição nesse sentido, vai deixar clara a sua importância.

  • Índice de satisfação interna

Os KPI’s também podem ser qualitativos, portanto, é possível conversar com os colaboradores para identificar quais são as percepções que eles têm a respeito de estar trabalhando em um ambiente mais limpo, bem organizado e funcional.

Dependendo do caso, é possível até associar isso à redução de faltas por motivo de saúde. Exemplificando: muitos trabalhadores têm problemas respiratórios que se agravam em ambientes respiratórios ou até por conta do uso de determinados equipamentos de climatização sem manutenção. O profissional de facilities pode tentar identificar o quanto o índice de atestados médicos desses funcionários foi reduzido após a implementação do seu trabalho.

  • Ociosidade

Uma vez que a gestão de facilites tem como um dos seus principais objetivos aumentar a produtividade, esse trabalho normalmente reduz a taxa de ociosidade de pessoas e equipamentos. Esse dado também pode ser levantado e vai mostrar para o gestor da indústria que os seus recursos humanos e materiais estão sendo melhor empregados.

Esses são apenas alguns exemplos, mas como o facility management é uma atividade bem ampla, a escolha dos KPI’s vai depender de quais tarefas estão sendo executadas. O importante é entender que é possível, sim, comprovar esses resultados!

Como a gestão de facilities é realizada na sua empresa? Os resultados são mensurados? Escreva pra gente nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.