All Facilities

Norma ISO 41001

Norma ISO 41001 e seu impacto na gestão de facilities

A norma ISO 41001 estabelece os parâmetros de qualidade para os serviços de facilities. Saiba quais são as suas determinações e de que forma ela impacta na gestão de facilities das empresas.

Há muito tempo, a empresa de facilities tem sido crucial para elevar a produtividade e funcionalidade das indústrias. Afinal, além de criar condições propícias para isso no ambiente de trabalho, essa tarefa também permite que os gestores da empresa mantenham o foco total no seu core business, alcançando melhores resultados. Recentemente, entrou em vigor a norma ISO 41001, focada na gestão de facilities e estabelecendo os parâmetros adequados para ela. Saiba mais sobre esse assunto.

O que é a norma ISO 41001?

Todas as normatizações ISO têm por objetivo estabelecer os parâmetros de qualidade que devem ser seguidos dentro da execução de alguma atividade. No caso da ISO 41001 – Facility Management / Management Systems / Requirements with Guidance for Use, trata-se da primeira normativa dessa categoria a ser definida especificamente para a gestão de facilities.

Nessa norma, ficaram definidos os requisitos que precisam ser respeitados quando uma empresa precisa comprovar entrega efetiva e eficiente de Facility Management (FM), que esteja de acordo com os objetivos de quem solicita esse trabalho; quando tem como objetivo ser sustentável dentro de um ambiente globalmente competitivo e quando pretende atender às necessidades de partes interessadas.

Assim, para que uma empresa receba a certificação ISO 41001, deverá cumprir critérios de qualidade e excelência em FM. A nova norma representa um grande avanço para a área de facilities, em especial aqui no Brasil, onde até pouco atrás não havia uma denominação profissional para quem gerencia os serviços de facilities e nem mesmo uma estrutura sólida nesse segmento. Pode-se dizer que a normativa vem para complementar um movimento de profissionalização que tem sido percebido no setor.

O que a norma ISO 41001 determina?

Vale lembrar que embora a ISO 41001 seja a primeira grande normativa a estabelecer os parâmetros de qualidade de FM, antes dela, outras normas também contribuíram com o processo de padronização desse setor, como:

  • ISO 41011, em 2017: foi responsável por trazer ao nosso vocabulário os termos corretos a serem utilizados para designar as atividades de Facility Manager;
  • ISO 41012, em 2017: mais focada no setor de compras, determinando as bases para fornecimento e elaboração de acordos;
  • ISO 41013, EM 2017: pode-se dizer que essa última normativa antes da atual foi que forneceu as bases para a ISO 41001. Isso porque, a ISO 41013 descreve de maneira mais detalhada o escopo do trabalho de FM, quais as suas vantagens e benefícios para as empresas, criando um contexto propício para a implementação dos parâmetros de qualidade definidos mais recentemente.

Uma das determinações mais significativas da norma ISO 41001 é o foco claramente direcionado às pessoas, tanto ao profissional de FM, evidenciando a sua importância para possibilitar que as empresas sejam mais funcionais e sustentáveis, quanto ao colaborador de modo geral. Ou seja: a gestão de facilities deve ter como um de seus principais objetivos propiciar o bem-estar dos trabalhadores, usuários e visitantes dos ambientes da empresa.

Outro ponto importante é que graças à ISO 41001, a padronização da qualidade na área de FM terá alcance mundial, o que também contribui para que ela se torne ainda mais estratégica, além de possibilitar a troca internacional de conhecimento técnico e experiências.

Além disso, essa norma, à medida em que for implementada, também garante que a gestão de facilities esteja associada aos propósitos da empresa, elevando a sua eficiência e contribuindo com o alcance dos seus objetivos. As determinações da ISO 41001 poderão ser implementadas em quaisquer empresas, independentemente do seu porte ou segmento de atuação.

Impactos da ISO 41001 na gestão de facilities

As expectativas são as melhores possíveis! As certificações ISO são fundamentais para as empresas não apenas internamente, mas também porque melhoram a sua imagem perante todo o mercado. Por isso, a tendência é que os empreendedores busquem se adequar à norma ISO 41001 e, consequentemente, vão profissionalizar a área de facilities em seus empreendimentos.

Ou seja, um dos grandes impactos que ela vai trazer na gestão de facilities é colocar os gestores dos cargos de liderança mais ao lado dos profissionais responsáveis pela área de facilities. Afinal, aqueles que ainda não conseguiram visualizar a importância estratégica dessa atividade, vão fazê-lo a partir do reconhecimento dessa normativa.

Além dessa “virada de chave” outros impactos que são esperados na gestão de facilities a partir desse marco incluem:

  • Uma gestão mais humanizada, priorizando os recursos humanos da empresa e buscando trazer maior bem-estar ao ambiente de trabalho. Esse aspecto, sem dúvidas, também vai acrescentar pontos na produtividade de todo o time;
  • Gestão de facilities não apenas operacional e focada na eficiência dos seus próprios serviços, mas alinhada aos objetivos da organização como um todo;
  • Maior apoio de gestores gerais e stakeholders;
  • Prestação de serviços executada com maior qualidade, uma vez que irá considerar padronização e critérios internacionais;
  • De forma indireta, isso tudo vai contribuir com a qualidade do produto ou serviço que é entregue ao consumidor final, promovendo a sua fidelização e aprimorando a participação da empresa no mercado.

A terceirização de serviços de facilities é um dos melhores caminhos para os empreendedores que já entenderam a importância de obter essa certificação. Afinal, as empresas terceirizadas especializadas em serviços de facilities têm como foco justamente oferecer esse tipo de trabalho com excelência, aprimorando-o constantemente.

O core-business de uma empresa de terceirização são justamente os facilities, o que significa que toda a equipe estará dedicada a elevar os padrões e critérios para que eles atendam à nova normativa. Por outro lado, os empreendedores que optam por contratar internamente profissionais com essa finalidade, naturalmente vão levar mais tempo para atingir os parâmetros da ISO 41001, porque não têm condições de se dedicar exclusivamente a isso.

Como funciona a área de facilities na sua empresa? Ela já está se adaptando à nova normativa? Conte pra gente nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.